segunda-feira, dezembro 22

A verdade sobre o Natal


O Natal é amplamente conhecido como o dia que Cristo nasceu. Mas o certo seria dizer que o natal é a data de celebração do nascimento de Cristo. Se ninguém sabe exatamente o ano que Cristo tenha nascido (alguns falam em 4a.C. - então nosso calendário estaria errado em 4 anos), imaginem o mês e quanto mais o dia.


Esta data não foi ocasionalmente escolhida, ela foi sabiamente escolhida - não é a toa que a Igreja Católica continua forte em 2000 anos de existência - e vou dizer o porquê:

Exatamente nesta data os povos pagãos celebravam a data de nascimento de um deus multicultural (persa, indiano e romano). Um deus do bem - gerado de uma deusa virgem - que iluminava a todos. Alguma semelhança com Jesus? Pois bem, esse deus era chamado Mitra ou "Sol Vencedor".

Acontece que a Igreja Católica queria que a mudança do paganismo para o cristianismo acontecesse de uma forma sutil, através de substituições. Ao invés de proibir as festas pagãs, ela tentou logo de dar um novo significado a tais festividades, conseguindo mais adeptos.

E assim nasceu o nosso Natal (do latim natális: nascer) ou Christmas (do inglês Christ: Cristo e Mass: Missa), uma festa pagã transformada em festa cristã, assim como muitas outras festas religiosas católicas.

Meus votos para este natal são:
Um natal abençoado a todos. Que o espírito natalino ilumine vocês nesta data especial, com amor, com fraternidade, com compaixão e ternura. Aos que puderem: dêem presentes, pois os presentes são uma forma de compartilhar os bens, como faziam os primeiros cristãos que não se importavam em compartilhar sua comida, sua roupa ou seu dinheiro. Lembrem-se da simbologia da ceia de natal: celebrem sobretudo o amor de Cristo que nos uniu.

2 comentários:

P Faustini disse...

Cristo não veio destruir , ele veio mudar, o culto ao sol representava a vida e Cristo É a vida , sendo assim ele ocupou o lugar do sol invicto

Jorge Luis disse...

Meu caro, já li alguns de seus textos e vi que tem uma boa coerência.
Mas como não vi como entrar em contato com você, esse foi o jeito, pelo comentarios.
Quero comentar sobre um fato que você alude no seu blog, o do dia do natal, que seria ou não o dia correto.
Bem eu também tinha duvidas e preferia acreditar que a data seria outra, mas fui convencido por uns argumentos fortes, ou pelo menos mais fortes do que se tinha antes.
Vamos aos fatos, como você deve saber as descobertas de Qur´an (próximo ao mar morto) foram encontrados vários documentos, entre pedaços de livros da bíblia (ou completos), entre outros documentos. Dentro disso foram achados muitos documentos contando os ritos judeus, entre esses descobriu-se vários documentos que dão a data certa da entrada dos sacerdotes no templo, onde era dividido por cada tribo, um data certa e imutável, ou seja, documentos não só mostram a data certa, como atestam que a mesma não mudava.
Vou resumir a historia, Zacarias é da tribo de Abias, isso é registrado na bíblia ,que tem sua data certa (segundo os documentos de Qur´an), fazendo a conversão para o nosso calendário, o dia da concepção de João batista, relatada pelo anjo, se dá seis meses antes da concepção de Jesus, ou seja o anjo quando aparece para Maria diz que Isabel sua parenta, está no sexto mês.
Espero ter sido claro, fiz aqui meio armengado, do que lembro do que li.
Procure ai na net que você deve achar sobre isso.
E eu tenho um site de patrística, em português.
http://patristicabrasil.blogspot.com/

Jorgelgl_-jorgelgl@yahoo.com.br

Postar um comentário