quinta-feira, outubro 9

Resposta ao leitor I

Estou começando tópicos-respostas para melhor esclarecer postagens anteriores afim de não evitar confusões.

Nosso amigo leitor Mr. bassplayer devaneio acha que me exaltei ao me referir nas instituições religiosas como "novas seitas" e sim, a palavra vinho também pode se referir à bebidas em geral.

Minha opinião:




Instituições religiosas podem proibir a bebida alcoólica? Se estiver de acordo com seus ensinamentos, sim. O islamismo, por exemplo, proíbe o consumo de qualquer bebida alcoólica, isso é dito claramente no alcorão.
Instituições religiosas cristãs podem proibir a bebida alcóolica? Não deveriam. As que proíbem, proíbem porque querem (aí viram seitas), mas daí a afirmarem que Jesus bebia suco de uva para dar veracidade ao que pregam...isso não é digno do meu respeito e pior: banirem um fiel da comunidade por ele estar bebendo uma cervejinha na esquina. Isso é hipocrisia. Essas são as novas seitas de que eu falo.

E essa questão da bebida, além desse aspecto social, também tem o financeiro. Quem bebe, gasta mais, isso é fato. Muitos líderes religiosos se aproveitam do dízimo dos fiéis para seu sucesso pessoal. Se a pessoa bebe, não aguenta pagar o dízimo. Enfim, não beba, não vá em festas e pague o dízimo.

Respeito as instituições que desencorajam o fiel à beber, elas têm o seu mérito. Jesus é claro quanto aos vícios: temos que largá-los (apenas os vícios). As igrejas deveriam educar e não ficar controlando a vida das pessoas. A igreja cristã não deveria criar fanáticos, Cristo bebia como todo mundo, comia como todo mundo e ainda dizia:

"Não vos inquieteis com o que haveis de comer ou beber; e não andeis com vãs preocupações.Porque os homens do mundo é que se preocupam com todas estas coisas. Mas vosso Pai bem sabe que precisais de tudo isso. Buscai antes o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo."
(Lucas 12, 29)


2 reflexões:

Mr. bassplayer Devaneio disse...

Agora entendi o espírito da coisa..
quanto a passagem bíblica, vc não poderia ter sido mais feliz na escolha! :D

Por hoje é só, sem comentário adjacentes! ^^

ABraços e parabéns

Petite Femme disse...

"Ô vida de gado! Povo marcado, povo feliz".

Realidade triste, mas acho que tem gente que precisa disso, desse tipo de "liderança", de um cabresto, de um pastor na cola para vigiar e punir. Pode ser chamado de adestramento também.