quinta-feira, fevereiro 18

Igreja Católica: Construtora da Civilização Ocidental

Pois bem, é verdade que deixei de ser católico já faz 4 anos. Digo isso porque deixei de acreditar em vários dogmas desta igreja - dos quais não é importante ressaltar nesse post. No entanto, ainda tenho uma grande admiração pela Igreja Católica Apostólica Romana, pois, apesar de seus erros (que também não cabe aqui ressaltar), ela esteve presente em nossa cultura e sociedade por quase 2 milênios. Não é surpresa, então, dizer, que a ICAR foi a construtora de nossa civilização ocidental. E claro, não posso deixar de citar a importância da cultura romana e a grega, conservada graças ao trabalho da igreja católica durante o período medieval.


Como estudioso amador da história da igreja, nunca achei que o tal "Período das Trevas" tivesse sido proporcionado pela Igreja Católica. Pelo contrário, a ICAR, depois da queda do império romano e invasões bárbaras, conservou ali todo o conhecimento antigo para que no futuro, pudesse dar condições para o Iluminismo (mesmo que fosse contra sua vontade). Enfim, o vídeo que deixarei aqui no meu blog é a primeira parte de um documentário sobre a importância da igreja em nossa sociedade e, consequentemente, em nossos conceitos sobre moral e ética. Aconselho a verem toda a série.

A paz a todos...

5 reflexões:

Renan Pedroso Batista disse...

Interessante enfatizar isso.
Nossa perspectiva secular nos faz sermos propagadores de um anacronismo bizarro... julgamos a ICAR e a Idade Média segundo nossos padrões e achamos que isso basta para que desmoronem.

Como diz Chesterton: nós não passamos pela Idade Média, nós batemos em retirada dela. O ideal cristão não foi testado e considerado falho... foi considerado difícil e não foi testado. rs

Meu blog: www.cigarrasocratica.blogspot.com

Voz da Igreja disse...

Como católico que sou, deixo meus parabéns pela sua postura imparcial. Se todos os protestantes se comportassem dessa maneira, isto é, a maneira verdadeiramente cristã de ser, não veríamos tantas lamentáveis baixarias por aí. Claro que existem muitíssimos católicos que também são péssimos exemplos.

Só gostaria, humildemente, de fazer uma pequena ressalva. Não creio que o senhor tenha sido, um dia, católico. O verdadeiro católico, que crê na Eucaristia e no Magistério da Igreja, e crê que ela foi divinamente instituída pelo próprio Jesus Cristo, não deixa de ser católico jamais.

Passamos por momentos de crise, mudamos às vezes de uma congregação para outra, nos adaptamos, oramos, estudamos, buscamos... Podemos até nos afastar, vez ou outra, para meditação... Mas deixar de ser católico, para um verdadeiro católico, é praticamente a mesma coisa que cometer suicídio. Por isso, honestamente não creio em "ex-católicos". Creio que existem pessoas, como deve ser o seu caso, que pensavam ser católicas, mas um dia descobriram que não eram.

Não o digo de modo ofensivo. Graças a Deus vivemos num país livre onde todos podem optar seguir esta ou aquela religião. Deus o abençoe e guarde. Parabéns pelo post.

L.P. Faustini disse...

Voz da Igreja,

Obrigado pelos elogios.

Quanto a ser 'ex-católico', acho que seria melhor colocado dizendo que eu deixei de trilhar os caminhos do catolicismo, ou em outras palavras: vi que não queria ser um verdadeiro católico.

Um abraço fraternal,
A paz!

Li disse...

Concordo com Voz da Igreja... Um católico que conhece verdadeiramente sua Igreja não a abandona jamais... Qto mais sou questionada por irmãos protestantes, mais procuro conhecer minha Igreja, fundada por Cristo e me apaixono cada vez mais, entendendo pela fé tudo o que eles não conseguem entender pela razão... Os protestantes só existem por causa da Igreja Católica: alguns se ocupam muito em protestar, rebater e deturpar a verdade focando em verdades contidas em um ou outro versículo isolado da bíblia, sem entender o contexto histórico e moral do assunto... Amo ser católica e convido a quem quiser conhecer mais, que procure grupos de oração em sua cidade, marque uma hora com um párocopara uma orientação espiritual (são melhores que psicólogos!), leitura de textos do Prof Felipe Aquino, pregações de Pe Leo, retiros e livros da Canção Nova, a visite o blogge do Pe Paulo Ricardo... Todas as duvidas e questionamentos protestantes são facilmente derrubados se a pessoa estiver disposta a conhecer mais. E parabéns L.P. Faustini, seus textos são mt bons!

L.P. Faustini disse...

Obrigado Li!

Agradeço também pelo seu depoimento, pois cada opinião aqui é vista por milhares de pessoas por mês.

Que Deus te ilumine!